terça-feira, 26 de julho de 2011

Adeus Amy!



Não podia ficar de fora das milhares de homenagens entre milhares de fãs mundo à fora,eu era e continuarei sendo um grande admirador de Amy Jade Winehouse,essa grande artista,cantora,compositora,brilhante intérprete de canções que fizeram história e teve uma grande importância na arte de fazer música,pois ela popularizou e deixou mais claro um ritmo pouco conhecido por nós jovens,não é comum você ver pessoas ouvindo soul,jazz,enfim até porque as culturas são das mais diversas,principalmente no Brasil,nordeste,ceará então,onde os jovens se não tiverem acesso a informação vivem de forró pé de serra e axé,ritmos que não precisamos ir atrás,eles estão disponíveis com muita facilidade que nem uma lata de conserva em alguma prateleira da mercearia mais próxima da sua casa.
Sempre fui fã de vozes femininas e gosto mais ainda quando vem acompanhada de uma presença de palco incomparável e de quebra super polêmica,dá um gostinho especial à irmos em busca de saber quem é essa que à todos alvoroça e desperta curiosidade.E isso Amy sempre foi a primeira a fazer.Dona de um temperamento absolutamente forte e enérgico,sempre era fotografada bêbada,drogada,e até mesmo de forma que nenhuma outra celebridade gostaria de ser pega naquele momento.O outro lado dela é carinhoso,humano e gentil,era só ver nos vídeos de paparazzis,milhares deles estão no youtube,ela flagrada nas mais diversas situações,e nenhum pouco preocupada em fazer tipo,ela era admirada especialmente por ser original.
Uma pena ter ido tão cedo,eu aos 26 me sinto às vezes ainda uma criança em busca de saber o que é a vida e o que de melhor a gente pode tirar dela,Amy sabia fazer isso,mas de forma desregrada,com muita sede (literalmente) ao pote.Abusava de tudo que se não for moderado nos prejudica,cigarros,muita bebida e drogas.Surgem muitas piadinhas de mal gosto,e o assunto do momento é ela nas redes sociais ainda por muito tempo seu nome será citado por pessoas que não tem o mínimo de respeito por si mesmas.Ninguém para pra pensar que ela era uma pessoa,como outra qualquer,como nós,que estamos sujeitos à ter fraquezas em qualquer momento da vida,e ela simplesmente foi fraca de ter se deixado ser atraída por esse submundo que não tem nada de positivo.
Só espero eu e todos os outros fãs dela que ela tenha um bom descanso,porque lembraremos dela sempre de forma alegre,polêmica e aquele cabelo que mais parecia uma colméia de abelhas ariscas assim que nem a personalidade dela se misturando com o puro sabor doce de mel da meiguice muitas vezes escondida.Até o outro mundo,Amy!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo ▲