domingo, 17 de outubro de 2010

Mais uma vez PT?Espero que não...


             Definitivamente essas eleições de 2010 vão entrar para a história.Somos bombardeados todos os dias por informações,novidades e surpresas que nos deixam pensativo quanto à essas questões políticas,que eu particularmente,achava chatérrimo!É,porque hoje em dia ví que à partir do momento em que a gente se permite ter conhecimento melhor e buscar informações,você se sente mais participante,mais cidadão,porque mesmo sua escolha não tendo sido a melhor,ao menos tem lá sua parte na democracia,com seu voto,baseado no que você quis defender e a quem quis eleger.Primeiro turno foi tranquilo,assim podemos dizer.Votei em quem eu achei que seria melhor,no Serra,porque antes meu voto era da Marina,mas como eu queria que meu voto valesse à pena e servisse de fato,achei melhor mudar.Sabemos que uma plataforma de governo trabalhada em cima da natureza,embora o planeta grite e nos dê sinais todos os dias de que precisamos ter essa consciência em zelar-mos por ele,não funciona.(Ainda não!)
            Até aí tudo bem,mas fiquei em pânico ao ver que caso o meu candidato escolhido não venha a ter sucesso,a petista Dilma Rousseff vem se mostrando,literalmente uma grande ameaça a população brasileira.
Obtive conhecimento sobra a lei PNDH-3 que entrará em vigor caso a candidata venha a vencer as eleições no segundo turno,pois o Projeto Nacional de Direitos Humanos 3 faz parte do governo do ainda então presidente Lula que vem lutando para que a maioria do candidatos que levam o nome do partido com eles, saiam vitoriosos em suas respectivas candidaturas,fazendo assim com que o projeto que depende da aprovação do congresso entre em vigor.O PNDH-1 E PNDH-2 são de governos passados.Para entender melhor sobre as diferenças entre esses projetos e  ver o quanto o atual que pretendem implantar no governo de Dilma Roussef é tão asqueroso,veja uma matéria falando sobre isso no blog do Dr.Azevedo que descreve muito bem por sinal e de forma clara.Basta clicar nas palavras chave PNDH,que você encontrará não só essas mas muitas outras informações esclarecendo-as.
             No primeiro debate do segundo turno na tv bandeirantes domingo passado,a candidata Dilma se mostrou ao contrário do que claro fala de forma positiva seu programa em horário político,nervosa,tensa e com a voz a toda hora mudando de tom,fazendo com que a gente pensasse que ela teria um tréco de tanta raiva do que o candidato Serra lhe dizia,que por sinal parecia falar por todos seus eleitores,e ainda houve quem dissésse que ela se saiu bem (a-han!).Outra coisa que me chamou a atenção foi ela falar várias vezes que nosso país é altamente tolerante ora-bolas.Em um país onde a maioria da violência é feita sob justificativa de puro preconceito,contra isso,contra aquilo e ouvir isso me fez rir.
             A repercussão está sendo grande na internet,coisa que me deixou feliz,em ver os jovens,esses que como eu,via a política como algo chato,que deviamos tratar com descaso,mas não é bem assim que as coisas vão funcionar de forma positiva,temos que pôr a boca no mundo,gritar,reinvindicar,só assim saberão que estamos vivos e que ninguém pode nos calar sobre o que não queremos que aconteça com a gente nem com nosso país,que merece à cada dia mais liberdade de expressão,mais espaço e não uma nova lei onde o sistema feito por tais governantes nos cale,nos reprima e nos mande de volta aos tempos de ditadura.Confio em Deus e tenho fé nele,nada contra as pessoas céticas,mas ter uma candidata onde fala abertamente que não crer em Deus,o chama de Nossa Senhora,fazendo-se confundir ou sei lá o quê,tudo menos mostrar respeito,onde essa palavra deveria ter sido usada em um de seus discurssos da qual ela disse que Presidente não deveria ter religião.(Pois eu acho que sim e não somente ter como saber respeitar as dos outros!)
             Creio eu que passaremos por maus bocados caso Dilma seja nossa presidente,não é à tôa toda essa muvuca em torno dos presidenciáveis.Não é possível que uma pupila do nosso presidente Lula,uma promessa a ser uma continuação assim podemos dizer dele,ter uma equipe que a deixou falar tanta besteira e depois vir na maior saia justa se contradizer,como se nós brasileiros fossemos pessoas da qual não merece nenhum respeito e atenção uma vez que somos eleitores e temos o poder que se  usado de forma certa e pondo a cabeça pra funcionar podemos fazer alguma diferença e colocar no poder quem realmente merece.Meu voto no segundo turno continua sendo do Serra,um homem que como outro qualquer pode nos decepcionar de alguma forma ele vindo a ser nosso presidente,mas não dou meu voto a outro petista,estou falando de pessoa e não candidato,muito menos interessado eu por qual partido ele é.Serra é um homem religioso e não foi à tôa,o recente acontecimento que toda a imprenssa registrou no último dia 12(Dia das crianças) e também (Dia da Nossa Senhora Aparecida/padroeira do Brasil) a esposa de José Serra, dona Mônica Serra segurando a imagem de Nossa Senhora Aparecida em suas mãos,que seria levada depois até o Chile,terra natal dela,para ser entrégue aos mineiros presos naquela mina.E o fato me deixou curioso é que porque então não escolheram o nosso maior chefe(presidente) ou a outra candidata para transladar a imagem até Chile e entregá-la nas mãos dos mineiros?Cada um tire suas conclusões...Deixo na sequência alguns vídeos que farão você refletir.





5 comentários:

  1. Primeiro que PNDH não é uma lei, é um programa, onde ficam estabelecidos metas para um determinado tempo em diante. Segundo que o PNDH, foi formulado por uma junta de TODA a sociedade, representantes de várias camadas. Desde representantes da igreja, ate representantes de ONG´s GLBT. Se alguém tem algo contra o PNDH, deve o ter contra TODOS que o criaram, por que ele não foi criado por um partido. E seja quem for que assuma a presidencia, tem o DEVER de criar leis que bote em pratica o que a SOCIEDADE definiu.

    ResponderExcluir
  2. E só para registrar que ele ( jossé Serra) é tão religioso e tão " a favor" da vida, que deixou sua esposa fazer um aborto. Isso ele não divulga.

    ResponderExcluir
  3. PNDH-3 diga-se de passagem porque é nele a preocupação não só minha mas a de tantos outros que pensam no melhor para a população,não foi criado baseado na opinião da sociedade e sim a um grupo restrito de pessoas do atual governo federal(Ivis Gandra confirma),existem provas de que esse programa nacional de direitos humanos 3 ,que é um projeto lei,não foi feito da forma pela qual você relatou,como deveria ter sido.Qualquer pessoa em sã consciência não deixaria passar e muito menos vir futuramente a ser aprovada tanta barbaridade contida nele.E quanto ao aborto,se ela fez ou deixou de fazer,bons motivos ela como mulher e situação pela qual se encontrava deve ter tido,José Serra como candidato procurar a não legalização do mesmo para o ato de se procriar não ficar tão banalizado a partir do momento em que os jovens só pensam no sexo sem responsabilidade,irão fazer filho como quem troca de roupa.Ele apoia o aborto em situações de risco a mãe e no caso de violência sexual!Serra 45,Grato.

    ResponderExcluir
  4. Patrick, do mesmo modo que foi feito o pndh 1 e 2 foi feito o 3. vc já deve ter visto, o texto completo, caso não, aqui vai o link pra vc. http://portal.mj.gov.br/sedh/pndh3/pndh3.pdf

    Sobre o aborto, eu não descrimino a Monica Serra, pelo o que ela fez não, so ela sabe os motivos que a levaram a isso. E legalizar, não significa estimular, é uma questão de saúde pública. Os dados do ministério da saúde mostram que a grande maioria das mulheres que fazem o aborto, não são jovens com comportamento promiscuo, são mulheres casadas,com idade entre 25 e 40 anos e geralmente com mais de dois filhos. Patrick, vc tem noção da quantidade de mulheres que morrem por fazer um aborto com um assogueiro qualquer?
    Também sou contra fazer um aborto, ainda mais com tanta informação de métodos pra evitar, mais isso não me dá o direito de dizer que uma mulher que queira não possa fazê-lo. Clínicas de desintoxicação existem pra tratar drogados, e nem por isso estimulam o consumo de drogas. Legalizar o aborto patrick, não obriga nenhuma mulher a fazê-lo.

    ResponderExcluir
  5. PNDH-3 me dá medo,por sinal já tem gente colocando as manguinhas de fora à favor!(Decepção)mas tudo bem.Quanto ao aborto concordo com sua opinião e acho bem coerente,problema é que.Chefe de estado é uma pessoa pública e infelizmente ou felizmente tudo que ele disser e querer,apenas temos que engolir,realmente não há estimulação,mais haverá simplesmente uma clínica à cada esquina como se fosse um açougue,o que já acontece elas sendo clandestinas( e isso não implica em mudanças positivas quanto as instalações e higiene)onde podem continuar mnorrendo milhares de mulheres que nem os dias atuais.Então o problema não se resolverá à partir do momento em que isso irá virar mais uma opção de negócios que nem o tráfico de drogas que não podemos pegar como exemplo as clínicas que por sua vez são locais que realmente ajudam aos que ela procuram,porque o que dá dinheiro são os usuários e não os que querem se livrar das drogas.

    ResponderExcluir

Topo ▲