terça-feira, 11 de maio de 2010

Crescer...faz parte!

 Um dia,há um bom tempo atrás despertou em mim o interesse de pôr pra fora toda minha irreverência e forma de expressar tudo que até então eu não tinha muita coragem de deixar aparecer.Tudo pra mim veio mais tarde.Minha descoberta do gosto pelo rock,maneira de vestir exótica,atitudes intolerantes até certo ponto,amizades,saídas,enfim.
   Existe um certo tipo de tabú por aqui,desde sempre.Que todas as pessoas com gostos mais extravagantes são adolescentes ou pessoas mais velhas com síndrome de peter pan,que não evoluem de acordo com as suas necessidades.Confesso que sempre chamei atenção de alguma forma,o que até hoje me faz carregar um peso por sempre ter sido visto como uma pessoa que onde chegaria causaria algum impacto sem levar em conta o tamanho das consequências que isso traria depois.Mais não pudia mudar o foco tão bruscamente,pois existem fases,momentos em que voçê se dá o luxo de fazer tudo e mais um pouco,aproveitando determinados períodos que suas atitudes terão de alguma forma uma justificativa.A consequência disso,é claro,voçê se juntar com pessoas mais novas do que voçê que derrepente encontramos nelas além de uma amizade que se tem ao longo do tempo,uma possibilidade de tê-las como pupilos,tendo em vista o gosto incomum por tais coisas como moda que sempre foi alvo de preconceito por quem gosta,afinal essas mesmas tem como peculiaridades pôr pra fora tudo quem imaginam,criam,e adérem,o visual é algo muito marcante e pessoas que ágem e acompanhem voçê nessas digamos travessuras e comportamento ousado,muitas delas não são da sua idade,levando em conta o lugar onde voçê mora,os costumes e outras coisas.
     O tempo vai passando,com ele chega momentos em que certas coisas vão perdendo a graça,o sentido que antes nelas voçê via claramente e depois se apágam,perdem o brilho e passamos a buscar em outras coisas esse gostinho tão bom que é ter interesse por algo que despérta sensação de curiosidade,busca e por fim a satisfação.Muitos não entendem,porque seu tempo vai indo além dos que nos demais,e pra eles aquilo que tem ainda êxtase e frisson em fazer,pra voçê ficou sem sentido e suas mudanças que pra si mesmo são importantes e bem vindas para outros a interpretação disso vem como antipatia e "velhice".E alguns até te têem como uma tia rabujenta que só ver defeitos e não mais um amigo que procura te guiar no mesmo rumo.
     Arrependimento não seria a palavra certa,não mesmo,mais dá uma vontadezinha de apertar alguma tecla e ajeitar o que no passado foi feito sem pensar.Para muitos que podem passar por aqui e ler,não vão entender o real sentido dessas palavras,mais vão ver que é alguém que de um jeito ou de outro pága por um dia ter agido como agí.Mais nunca é tarde pra mudanças,o importante é voçê fazer tudo que sente vontade porque,desejo reprimido pode lhe custar muito caro ao longo do tempo.Hoje em dia vejo que essência é muito mais importante do que uma simples imagem e postura que venha a ter,passei a não mais me"fantasiar" e sim me vestir e ter uma postura mais madura e adequada ao meu momento,me livrando de tudo que me atrasava,que não permitia eu ver as coisas que são relevantes pra mim.Mudei?Posso dizer que sim,mais não perdí minha identidade,apenas fui crescendo também por dentro passando a acompanhar e me adaptar as necessidades que o tempo nos traz.

Um comentário:

  1. crescer faz parte e sem perder a essencia é um desafio, muitas vezes acabamos com outras essencias, mas o importante é nunca deixar de ser alguém melhor!

    ResponderExcluir

Topo ▲